Hospital Alberto Rassi
Acesso à informação Fale com a Ouvidoria Saiba como fazer parte da equipe do HGG Perguntas Frequentes Entre em contato com o HGG    




Notícias

(26/11/2019) Curso aborda paciente como mestre do cuidado

Promovido pela Fundação Elisabeth Kübler-Ross Brasil, evento aconteceu no HGG entre os dias 22 e 24 de novembro

O Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG sediou entre os dias 22 e 24 de novembro, o curso “Paciente como mestre do cuidado”. Promovido pela Fundação Elisabeth Kübler-Ross Brasil (EKR-Brasil), o evento reuniu diversos profissionais com atuação em cuidados paliativos.

A Fundação EKR-Brasil é uma organização mundial, de caráter humanitário, que leva adiante o legado de Elisabeth Kübler-Ross, médica psiquiatra, humanitária, uma das pioneiras dos cuidados paliativos modernos e do movimento de tanatologia e de transformação em relação à morte e ao morrer. Durante o curso, os participantes participaram de uma imersão na proposta revolucionária de Elisabeth, o modo como conduzia conversas com pacientes gravemente enfermos e suas famílias, ajudando-lhes a construir um senso de paz, dignidade e integridade.

O psicólogo do Núcleo de Apoio ao Paciente Paliativo (NAPP) do HGG, Dimilson Vasconcelos, explicou que assunto faz com que os profissionais reflitam sobre como estão tratando os pacientes em terminalidade. “O curso foi extremamente importante para fazemos uma reflexão enquanto profissionais de como nós temos cuidado do adoecimento e terminalidade desses pacientes que estão sob nossa responsabilidade. E como nós como pessoas e como seres humanos temos refletido sobre a nossa vida, sobre o nosso viver e o nosso morrer”.

A diretora de Serviços Multidisciplinares, Rogéria Cassiano, também participou do evento. “O curso foi excelente pois, trouxe uma abordagem do cuidado centrado no paciente baseada na Fenomenologia e no Existencialismo, que propiciou aos profissionais vivenciarem posturas e intervenções que facilitam o acesso às histórias de vida dos pacientes em cuidados paliativos. Entender o projeto existencial do paciente em processo avançado da doença é fundamental para que os profissionais de saúde possam realizar o manejo adequado dos cuidados, de acordo com as necessidades dos pacientes, cada qual dentro da sua singularidade."


Fonte: IDTECH





Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.