Hospital Estadual Alberto Rassi
Acesso à informação Fale com a Ouvidoria Saiba como fazer parte da equipe do HGG Perguntas Frequentes Entre em contato com o HGG    




Notícias

(13/07/2021) Encerramento da campanha humanitária ´´Adote a Arte´´ no HGG emociona participantes

Gincana do bem arrecadou mais de 5,5 toneladas de mantimentos

Muita música e emoção marcaram o encerramento da campanha humanitária realizada pelo Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG em prol do projeto "Adote a Arte", desenvolvido pelo cantor Xexéu. A gincana para a arrecadação de alimentos para a classe artística rendeu mais de 5,5 toneladas de mantimentos e produtos de higiene e limpeza. Além do show de solidariedade, os colaboradores do HGG deram show no palco do auditório Dr. Luiz Rassi durante as apresentações artísticas.

Os jurados, o cantor Xexeu, o artista plástico Alexandre Liah e a cantora Mara Cristina, tiveram muito trabalho para escolher a melhor apresentação do dia. A equipe vencedora do "Show de Talentos" foi a do quarto andar, a "Acústico 4" com o show do médico nefrologista Afonso Lucas. Já a campeã geral foi a equipe do primeiro andar, a "União faz a força", com a somatória da pontuação da apresentação musical e da quantidade de alimentos arrecadados.

De acordo com a diretora de enfermagem do HGG, Natálie Alves, o melhor do evento foi ver o trabalho em conjunto e o esforço de todos os envolvidos. "A ideia da gincana foi extraordinária, movimentou o hospital, gerou uma competição do bem, e os colaboradores correram atrás da arrecadação. No fim, todos ganharam. Estou aqui desde 2012, e esta foi a gincana com mais movimentação e arrecadação, na qual todas as categorias, sem exceção, se empenharam", comenta a diretora.

Natálie reforça que depois de um ano e meio de pandemia, com os eventos internos suspensos e tudo muito restrito para a manutenção da segurança de todos, as equipes estavam sentindo falta dessa alegria. "O HGG é isso: é união da assistência com trabalho, diversão. Foi muito bom esse evento para colocar novamente essa emoção correndo nas nossas veias para continuarmos em frente", afirma.

Para Mariana Batista, psicóloga do HGG e integrante da equipe vencedora, foi gratificante participar. "Foi bom estar aqui, não só pela possibilidade de mostrar para os colegas habilidades que eles não conhecem e que diferem das nossas atividades, mas também pela questão da arrecadação, pois sabemos o benefício que vai ter, independentemente da vitória geral", enfatiza a psicóloga.

A nutricionista Anayse Amorim Dias, também integrante da equipe vencedora, ficou feliz em participar e contribuir este projeto. "Maravilhoso ajudar outros artistas que neste período de pandemia estão precisando. Sem palavras para descrever a alegria de poder participar deste evento hoje", ressalta .

O artista plástico Alexandre Liah comentou sobre a iniciativa do HGG em abraçar a causa do "Adote a Arte". "É uma iniciativa fabulosa, não só do HGG, como também do Xexeu. É junção da arte com a solidariedade. Pelo momento que os artistas estão passando, o mínimo que a gente pode fazer é proporcionar este conforto", analisa o artista plástico.

A cantora Mara Cristina se emocionou durante a apresentação. "Foi incrível como sempre. Vi a quantidade de pessoas que se uniram para fazer o bem. O HGG é um dos lugares pelo qual eu tenho mais amor e carinho de fazer música. Estou sem palavras", salientou a cantora.

Xexéu ressaltou que sempre foi convidado para ser jurado de eventos culturais, mas participar deste evento do HGG foi diferente. "O show foi dentro de um hospital de referência, no qual os colaboradores estavam participando. Durante as apresentações eu chorei diversas vezes de tão lindo, tão fantástico e tão bem escolhidas as músicas. Temos realmente verdadeiros artistas no HGG", analisa o artista.

O cantor também agradeceu por toda ação de arrecadação de alimentos e produtos de higiene e limpeza realizada no HGG. "O que importa realmente é o movimento de toda a família do HGG nessa gincana do bem, que vai ajudar a minimizar um pouco as necessidades da classe artística por causa da covid-19. Boa parte dos colegas não voltaram a trabalhar e está vindo na melhor hora possível", finaliza Xexéu.


Fonte: IDTECH





Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.