Hospital Alberto Rassi
Fale com a Ouvidoria Saiba como fazer parte da equipe do HGG Perguntas Frequentes Entre em contato com o HGG    




Notícias

(04/02/2019) Camila e Thiago dão show de simpatia no Sarau do HGG

Apresentação dos irmãos sertanejos aconteceu na tarde desta quinta-feira, 31 de janeiro, no terceiro andar da unidade

Nesta quinta-feira, 31 de janeiro, o projeto musical do Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG, o Sarau, recebeu uma das duplas mais animadas que já passou pela unidade: Camila e Thiago. Muito simpáticos, a dupla cantou músicas do sertanejo raiz e universitário, sempre interagindo com o público composto por pacientes, familiares e colaboradores do hospital.

O repertório composto por Simone e Simaria, Cristiano Araújo, Zé Neto e Cristiano, Bruno e Marrone, Di Paulo e Paulo, entre outros artistas agradou o público. Os irmãos atenderam a todos os pedidos musicais. A dona de casa Márcia Garcia Silva, de 55 anos, está internada há 11 dias na unidade para tratamento de problemas na vesícula, e esperou o show acabar para fazer uma foto com os cantores.

“Eu adorei, foi excelente. Eles cantam bem demais e são muito simpáticos, eu conhecia todas as músicas. Acho muito importante esse tipo de projeto porque é uma terapia para as pessoas que estão aqui internadas fazendo tratamento. Que vocês continuem com esse projeto”, declarou.

O cozinheiro Rogério Soares de Lima se internou no mesmo dia do Sarau do HGG. Ele destaca que, desde o momento em que pisou o pé no hospital, só tem agradecimentos. “Para começar o atendimento aqui é especial, todos muito atenciosos. Vim transferido de outro hospital para tratar complicações de feriadas nos pés e estou gostando muito. E quando eu soube que tinha música, fiz questão de descer. Até agora está tudo maravilhoso”, disse.

Camila e Thiago contabilizam mais de 18 anos de carreira. A dupla produz, compõe, toca, dança e anima o público por onde passa. Engajados nesses tipos de projeto, eles explicam que em cada unidade hospitalar a sensação é diferente. “Cada vez que a gente canta em um hospital, é um momento diferente. Sentimos muitas emoções e ficamos muito felizes pela entrega dos pacientes. Pelo menos por alguns momentos, eles esquecem dos problemas que estão passando. É uma experiência única”, declarou Camila.

Para Thiago, é uma responsabilidade grande apresentar em uma unidade hospitalar. “Quando fazemos esse tipo de evento, gostamos de ser nós mesmos. A gente canta como se estivesse cantando em casa, atendendo sempre aos pedidos do público, sempre no intuito de agradar todo mundo. Cantar em um ambiente hospitalar, onde tem várias pessoas fazendo tratamento, gera uma responsabilidade maior porque temos a missão de fazer com que as pessoas esqueçam um pouco dos problemas. Em um show normal, as pessoas já estão lá se divertindo, aqui você tem que criar esse clima, tem que motivar a galera e a gente tenta brincar e interagir ao máximo”.


Fonte: IDTECH





Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.