Hospital Alberto Rassi
Fale com a Ouvidoria Saiba como fazer parte da equipe do HGG Perguntas Frequentes Entre em contato com o HGG    




Notícias

(09/11/2018) Novembro Azul: Palestra conscientiza pacientes sobre a importância de diagnóstico precoce de câncer de próstata

Médico residente da especialidade de urologia, Breiner Rodrigues de Almeida Ferro, explicou diagnóstico e tratamento da doença

O Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG promoveu nesta quinta-feira, 8 de novembro, uma atividade conscientização da campanha Novembro Azul. O residente da especialidade de urologia da unidade, Breiner Rodrigues de Almeida Ferro, esteve no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA) ministrando palestra com o objetivo de chamar a atenção do público, especialmente os homens, sobre as doenças masculinas, enfatizando a prevenção e diagnóstico precoce do câncer de próstata.

De acordo com o médico, existem três tipos de cirurgias para o tratamento do câncer de próstata. “Temos a cirurgia aberta que é aquela em que é feito um corte embaixo do umbigo, e que é o método mais tradicional; tem a cirurgia por vídeo, e ainda tem a mais moderna, que poucos lugares do Brasil já oferecem, que é a cirurgia por robô. Além disso, existem outras formas de tratamento como a radioterapia, por exemplo”, explicou o profissional.

A idade é um fator de risco importante para o câncer de próstata. Parentes de primeiro grau que tiveram câncer também podem aumentar o risco de se ter a doença, comparado com a população em geral. “Existem outros fatores também. Os estudos mostram que os homens negros têm maior chance de desenvolver câncer de próstata. Como a chance desse paciente é maior, ele precisa fazer o rastreio mais cedo. Para a população em geral o recomendado é a partir dos 50 anos, e os homens de pele negra devem fazer com 45 anos”, explicou.

Breiner ressalta ainda que a campanha Novembro Azul tem o foco em conscientizar a população, principalmente os homens, para que se consultem regularmente com o urologista. “Infelizmente não tem como prevenir o câncer de próstata, então o que nós incentivamos na campanha é o diagnóstico precoce, que aumenta as chances de cura, tem mais opções para tratamento, e vai aumentar a sobrevida”.

Ivany Azevedo, tem 68 anos, e assistiu a palestra do profissional. Ele explica que faz o acompanhamento realizando o exame da próstata a cada seis meses. "Eu cuido bem da saúde, o médico disse que está tudo bem comigo. Acho muito bom o HGG e ter essas palestras na hora que a gente está esperando, distrai um pouco".


Fonte: IDTECH





Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.