Hospital Alberto Rassi
Fale com a Ouvidoria Saiba como fazer parte da equipe do HGG Perguntas Frequentes Entre em contato com o HGG    




Notícias

(22/10/2018) Luciana Clímaco anima pacientes ao som de samba no Sarau do HGG

Apresentação foi realizada nesta quinta-feira, 18 de outubro, e fez parte da celebração do Outubro Rosa na unidade

O Sarau do Hospital Estadual Alberto Rassi - HGG recebeu pela primeira vez a cantora Luciana Clímaco, acompanhada do violonista e cantor Pedro Jordão. A apresentação, que fez parte da celebração do Outubro Rosa na unidade, foi realizada nesta quinta-feira, 18 de outubro, no hall do terceiro andar, para pacientes, acompanhantes e colaboradores do hospital.

Luciana cantou clássicos da MPB e do samba nacional. No repertório, artistas como Roberta Sá, Beth Carvalho e Martinho da Vila. Um dos momentos marcantes da apresentação foi quando a cantora animou os pacientes com os versos "Tristeza, por favor, vá embora. Minha alma que chora está vendo o meu fim. Fez do meu coração a sua moradia, já é demais o meu penar. Quero voltar àquela vida de alegria, quero de novo cantar".

Elenita Pereira da Silva, de 50 anos, está internada há 37 dias no HGG e já participou de três saraus, sempre muito animada. "É a terceira vez que eu venho e é muito bom, porque distrai, faz a gente esquecer um pouco os problemas que está passando. Espero que continue sempre", disse.

"Gosto muito desse estilo de música, é o que eu mais amo. Acho importante essa atividade para os pacientes saírem do quarto, se distraírem, amei!", disse Berriel Caldos, de 60 anos, que acompanhava o filho internado durante o Sarau e, ao final do show, aproveitou para conhecer de perto a cantora.

Luciana Clímaco elogiou o projeto e destacou que a música deixa mais leve o ambiente hospitalar. "Achei muito legal a receptividade do pessoal. É uma iniciativa ótima, porque traz um pouco de alegria para o dia-a-dia do hospital, que é difícil e tenso, ainda mais para os pacientes que estão aqui há muito tempo", disse.

O violonista e cantor Pedro Jordão afirmou que já participou do projeto quatro vezes e volta sempre que tem oportunidade. "É enriquecedor tanto pra nós mesmos quanto para as pessoas que estão internadas, às vezes por muitos dias, sofrendo com dor e sem ter muito que fazer. Isso é uma forma de dar um pouco de ânimo para elas, então fico muito feliz pela existência do projeto e por poder fazer parte dele de vez em quando", destacou.

O show fez parte da programação especial promovida pela unidade hospitalar em alusão ao Outubro Rosa, mês dedicado a chamar atenção da população sobre a importância da prevenção ao câncer de mama. Todas as apresentações do projeto Sarau do HGG do mês de outubro são compostas por mulheres. No dia 25, finalizando a programação, o público do hospital poderá conferir As Moreninhas, que é formado por um trio de mulheres que cantam sertanejo.


Fonte: IDTECH





Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.