Hospital Alberto Rassi
Fale com a Ouvidoria Saiba como fazer parte da equipe do HGG Perguntas Frequentes Entre em contato com o HGG    




Notícias

(21/08/2017) Palestra no AMA fala dos riscos e perigos das varizes

Hereditariedade, sedentarismo e obesidade são alguns do fatores que agravam o risco do problema, que em estados avançados da doença, pode causar a uma úlcera venosa

O Dia do Cirurgião Vascular, celebrado no dia 15 de agosto, foi lembrado com a palestra nesta sexta-feira, 18 de agosto, no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA) sobre “Cuidados para evitar varizes”, ministrada pelo residente em cirurgia vascular Thiago Rafael Souza Alencar Borges.

Thiago iniciou a apresentação destacando que a hereditariedade é a questão primordial ao risco das varizes. Citou ainda os fatores mais causadores além da pré-disposição: sedentarismo, a obesidade, ficar longos períodos em pé ou sentado, e falou dos sintomas que são dor e cansaço nas pernas e câimbras, além do aspecto estético das veias saltadas, já que varizes nada mais são do que veias dilatadas. Lembrando que após a dilatação dessas veias, as mesmas não retornam à sua condição original.

Para o profissional, a importância do tema está na grande prevalência das varizes na população e o risco de um agravamento e outros problemas. “É uma das doenças mais prevalentes no mundo inteiro e que causa incapacidades físicas no estado avançado, que é a úlcera venosa”, explicou.

Entre as dúvidas recorrentes dos pacientes que o médico esclareceu sobre o risco de trombose por quem tem problemas de varizes. “Trombose e varizes têm uma relação não muito direta. A trombose pode causar varizes, mas pessoas que têm varizes não têm o risco aumentado para trombose, pois ela depende de outros fatores muito mais importantes”.

A técnica de alimentos Laura Tayana Dias Gomes, de 31 anos, aproveitou a oportunidade e esclareceu uma dúvida sobre a relação dos anticoncepcionais com a trombose. “Vi uma reportagem uma vez sobre umas adolescentes que estavam fazendo o uso desses medicamentos e perderam alguns movimentos das pernas por conta de uma trombose. Achei interessante e esclareci a minha dúvida”, comentou após a explicação do médico que isso ocorre em alguns casos que dependem de uma pré-disposição do paciente combinado com alguns tipos de anticoncepcional, mas que não é uma regra.


Fonte: IDTECH





Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.