Hospital Alberto Rassi
Fale com a Ouvidoria Saiba como fazer parte da equipe do HGG Perguntas Frequentes Entre em contato com o HGG    




Notícias

(13/07/2017) Disfagia é tema de palestra no AMA e desperta interesse dos pacientes

Dificuldade para engolir alimentos ou líquidos, problema afeta grande parte da população e é um sintoma de uma doença que pode ser gastro, neurológica ou otorrinolaringológica

Na manhã desta quarta-feira, 12 de julho, o Ambulatório de Medicina Avançada (AMA) do Hospital Alberto Rassi (HGG) recebeu a fonoaudióloga Vanessa Américo dos Santos para a palestra O que é Disfagia?

Disfagia é a dificuldade para engolir alimentos, líquidos ou saliva em qualquer etapa do trajeto da boca ao estômago. O problema é um sintoma que afeta ou aumenta o risco de comprometimento do estado nutricional e hídrico, saúde geral e impacto negativo na qualidade de vida, sendo mais suscetível em idosos, portadores de doenças crônicas, neuro degenerativas e vítimas de traumas e outros. Idosos estão mais suscetíveis à disfagia devido a mudanças naturais decorrentes do envelhecimento que favorecem dificuldade para deglutir como, por exemplo, a perda de força muscular e a redução de velocidade, precisão e coordenação dos movimentos.

A profissional detalhou alguns sintomas da disfagia que, na maior parte dos casos, são desconhecidos dos pacientes, como tempo prolongado para engolir ou necessidade de engolir várias vezes o alimento ou líquido, dor ao engolir, sensação de alimento parado na garganta ou escape de alimento pelo nariz durante a alimentação.

Muitas dúvidas surgiram entre os pacientes que aguardavam consultas e tiveram a oportunidade de assistir à palestra. A aposentada Eva Graciano de Araújo, de 69 anos, contou que já teve refluxo e, atualmente, sente dificuldade na mastigação e para engolir, sentindo-se várias vezes sufocada. “Achei muito interessante a palestra e tirei minha dúvida com a fonoaudióloga”, contou Eva.

Já a dona de casa Adriana de Lourdes dos Santos Souza, de 46 anos, acompanhava o filho em uma consulta e pode assistir o conteúdo, conhecer mais sobre o assunto e também fazer uma pergunta para a profissional. “Nunca tinha ouvido falar sobre esse problema e foi uma oportunidade de tirar dúvidas”, afirmou, contando que o marido engasgava muito e sentia sufocamento ao engolir.

Segundo a fonoaudióloga, o assunto é muito interessante e pouco abordado, fazendo com que muitos sofram por falta de conhecimento. “À medida que a palestra foi se desenvolvendo muitos pacientes se mostraram interessados por se identificarem com os problemas, fazendo perguntas e tirando dúvidas. De um modo geral, temos uma população disfágica e que desconhece o assunto e os sinais”, pontuou Vanessa, destacando a importância de informar ao médico no caso de algum dos sintomas. “É importante se informar e procurar um gastroenterologista, um fonoaudiólogo ou um otorrinolaringologista que poderão identificar e tratar o problema, já que a disfagia é um sintoma de uma doença que pode ser gastro, neurológica ou otorrinolaringológica”, finalizou.


Fonte: IDTECH





Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.