Hospital Alberto Rassi
Fale com a Ouvidoria Saiba como fazer parte da equipe do HGG Perguntas Frequentes Entre em contato com o HGG    




Notícias

(21/12/2016) Cremego define critérios sobre relação ética entre médicos e indústrias de materiais e medicamentos

Entre os pontos mais importantes, o documento passa a corresponsabilizar os diretores técnicos e clínicos dos hospitais quanto à normatização dos fluxos da correta utilização desses materiais especiais

O Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego) publicou no Diário Oficial do Estado, nesta sexta-feira, 16 de dezembro, a Resolução 98/2016, que estabelece critérios para a relação entre médicos e indústrias de órteses, próteses, materiais especiais e medicamentos. A medida já está em vigor e é similar a outra já editada pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo.

De acordo com o site do Cremego, o objetivo é coibir falhas na relação entre médicos, hospitais e indústrias de materiais e medicamentos, que desrespeitem os princípios éticos, bioéticos e as boas práticas do mercado, evitando problemas como as máfias de órteses, próteses e materiais especiais (OPME) já denunciados pela imprensa e investigados pela polícia.

Entre os pontos mais importantes, o documento passa a corresponsabilizar os diretores técnicos e clínicos dos hospitais quanto à normatização dos fluxos da correta utilização desses materiais especiais. A resolução veda o médico prescrever medicamentos, órteses, próteses e materiais, bem como utilizar métodos diagnósticos baseados em recompensas como recebimento de gratificações, pagamento de inscrições em eventos, viagens, entre outros.

Confira em anexo, a resolução na íntegra.


Com informações do site do Cremego


Fonte: IDTECH








ARQUIVOS ASSOCIADOS:





Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.