Hospital Alberto Rassi
Fale com a Ouvidoria Saiba como fazer parte da equipe do HGG Perguntas Frequentes Entre em contato com o HGG    




Notícias

(11/06/2019) HGG dá início ao processo de acreditação ACSA International

Solenidade aconteceu nesta quinta-feira, 6 de junho, no Auditório dr. Luis Rassi, na unidade hospitalar

O Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG realizou nesta quinta-feira, 6 de junho, solenidade de lançamento do Processo de acreditação em uma das mais renomadas instituições de certificação da Europa, a Agencia de Calidad Sanitaria de Andalucia (Acsa), responsável pela única metodologia de acreditação europeia no Brasil. Esta é uma modalidade por setores específicos e no HGG se iniciará no Centro de Terapia Intensiva. O evento aconteceu no Auditório dr. Luis Rassi e contou com a presença de colaboradores do hospital, avaliadores do Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde (IBES), que é a instituição responsável no País, e o secretário estadual de saúde, Ismael Alexandrino.

O coordenador do CTI do HGG, Marcelo Rabahi, enalteceu o trabalho em equipe e as etapas do processo de acreditação. “As ações de melhoria, para que elas sejam efetivas, precisam do trabalho de todos e na melhoria contínua de vocês dentro desse processo. Essa é uma nova etapa de avaliação do processo de certificação e vamos partir de uma avaliação centrada inicialmente no paciente depois vamos chegar à direção. Vamos fazer um caminho um pouco diferente do que nós fizemos até agora, mas essa mudança de trajeto faz parte também para que a gente possa sair da nossa zona de conforto”, ressaltou.

Rabahi explicou ainda que a ACSA parte do modelo de acreditação e de avaliação de um sistema público por inteiro. “Nas primeiras horas de trabalho foi interessante perceber que da mesma forma que nós estaremos nesse desafio de acreditar o Centro de Terapia Intensiva é o mesmo modelo para acreditar um centro de saúde, uma central de transplantes, um centro de hemorrede e todas as unidades. Será um grande aprendizado. Gostaria de agradecer imensamente a secretaria de saúde pela oportunidade que nos foi dada de poder tentar atingir outro nível de acreditação e agradecer também pela oportunidade que o Ibes tem nos oferecido de fazer parte dessa história”.

O secretário estadual de saúde, Ismael Alexandrino, parabenizou à unidade e disse que o HGG é modelo para o Estado. “O que eu entendo por excelência é fazer o certo desde a primeira vez. Tem valores que a gente percebe nesta instituição que tem dado certo ao longo dos anos. Esse aqui também serve de modelo para os privados. Não tenho nenhuma dúvida que aqui é melhor que a maioria dos privados de Goiânia e tem condição de ser modelo para os nossos demais hospitais públicos. Não podemos, entendemos que sempre tem a oportunidade de melhorar. Vocês estão de parabéns”.
Christian Hart, diretor de novos projetos e negócios do Ibes, falou sobre a experiência com o HGG desde o início do primeiro processo de acreditação hospitalar. “Eu não tenho a menor sombra de dúvida de falar que o HGG tem uma das estruturas mais bonitas que o SUS tem a oferecer a todos os pacientes no Brasil inteiro, mas mais do que estrutura, também não tenho a menor dúvida que também oferece aqui nesse hospital a melhor assistência possível para os pacientes que vem até aqui”. Ele explicou ainda como aconteceu o convite do Ibes para o HGG participar do processo de acreditação ACSA. “Nessa metodologia vocês foram literalmente escolhidos. Essa metodologia vem de um país que tem um percentual pequeno de instituições privadas, de 6 a 8%. Quando nós elencamos as instituições que nós gostaríamos que fizessem parte desse projeto piloto, eu fui a primeira pessoa a sugerir que o HGG fosse a primeira instituição pública a participar do projeto. E é um prazer grande poder ter o HGG e eu tenho a oportunidade de dizer que vocês muito em breve serão os primeiros certificados por uma metodologia europeia de um país que tem um sistema público com indicadores de qualidade fenomenais nos últimos anos sendo acreditado aqui no Brasil”, disse.

O diretor do Ibes elogiou a gestão da unidade e o cuidado com o paciente. “Uma coisa que sempre me chamou muito a atenção aqui no trabalho de vocês é a forma como vocês levam o trabalho de gestão da qualidade e segurança, que nós chamamos de segurança do paciente, que hoje a gente chama de segurança institucional. Outro ponto é a forma como vocês conseguem equilibrar gestão e cuidado. Infelizmente, proliferou-se no mercado durante muitos anos e graças a Deus a gente está conseguindo fazer um resgate sobre isso, uma ideia de que ou a instituição era focada no paciente ou a instituição tinha uma boa gestão. Não dava para fazer as duas coisas. E aqui temos uma ideia viva, concreta que isso não passa de um mito. A gente tem um hospital regido por um contrato de gestão, com instrumentos de fiscalização, de auditoria, com rigor orçamentário bastante grande, que consegue propiciar aos seus pacientes e profissionais, exposições de arte semanais, eventos culturais, cuidado que a gente não vê nos demais hospitais”.

Sobre a ACSA
O Modelo de Acreditação europeu da ACSA International tem como objetivo a melhoria contínua da qualidade do serviço de saúde. É a única metodologia de Acreditação europeia no Brasil (trazida com exclusividade pelo IBES), já em implementação pelas organizações pioneiras em várias regiões do país. A certificação das Instituições de Saúde, no modelo ACSA, é entendida como um processo através do qual é observada e reconhecida a maneira com que os cuidados de saúde que prestamos aos cidadãos respondem ao modelo de qualidade, com o objetivo de favorecer e promover a melhoria contínua em organizações de saúde.
O HGG já possui o nível máximo de acreditação hospitalar da Organização Nacional de Acreditação (ONA), conferido pelo Ibes. Para manter o título, a unidade precisa atender a três critérios: cumprir ou superar, em 90% ou mais, os padrões de qualidade e segurança; cumprir ou superar, em 80% ou mais, os padrões de gestão integrada; cumprir ou superar, em 70% ou mais, os padrões ONA de Excelência em Gestão, demonstrando uma cultura organizacional de melhoria contínua com maturidade institucional.


Fonte: IDTECH





Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.