Hospital Alberto Rassi
Fale com a Ouvidoria Saiba como fazer parte da equipe do HGG Perguntas Frequentes Entre em contato com o HGG    




Notícias

(11/06/2019) O poder da arte para a melhora dos pacientes

Atividades de pintura proporcionam autoestima e confiança no processo de reabilitação

Na tarde de terça-feira, 04 de junho, no Hospital Estadual Alberto Hassi – HGG aconteceu mais uma edição da Oficina de Arte coordenada pelo Serviço de Terapia Ocupacional e que contou com a participação de pacientes e acompanhantes. Ministrada pelo professor e artista plástico Alexandre Liah, no Jardim da Solistência, e acompanhada pela equipe de psicologia, a atividade permitiu ao paciente desenvolver técnicas para sua recuperação e melhora da autoestima.

Luiz dos Santos, 26 anos, já participou outras vezes da oficina e conta que lhe ajudou muito em seu processo de reabilitação. “Gosto muito de escrever, no estado que estou juntei a arte com a poesia, me ajudou muito, se pudesse eu viria todos os dias. Esse ambiente natural é uma ocupação para a mente, uma forma de incentivo para você fazer todo o tratamento. Quem esta em um hospital precisa ter atividades como esta para auxiliar na recuperação”, afirma.

A psicóloga Naiara Cardoso, acompanha a oficina há quase dois anos e fala que o processo de seleção dos pacientes é feito de acordo com a necessidade de cada um. “Escolhemos os pacientes que estão mais fragilizados ou com uma internação prolongada. A psicologia, em parceria com a terapia ocupacional, avalia e seleciona quem está precisando de uma atividade diferente. Essa atividade é muito importante porque representa um pouco da vida fora do hospital, eles conseguem passar um momento longe da doença, um momento de descontração entre eles, para pensarem em coisas boas e expressarem o que estão sentindo”, destaca.

A paciente Vânia Cândida, 39 anos, é portadora da doença pielonefrite e participou da Oficina de Arte pela segunda vez. Para Vânia, sair do quarto do hospital e sentir outra energia é essencial em sua recuperação. “Achei ótimo essa iniciativa do hospital, contribui muito para a recuperação de quem está aqui. Quando estou em um jardim natural sinto tranquilidade, liberdade, alegria e vontade de continuar lutando pela recuperação. Gostei muito de pintar, nunca tinha pintado, expressei a liberdade, vontade de voar, é isso que senti.”

A oficina de arte do HGG é oferecida para os pacientes há mais de cinco anos e desde a sua primeira edição tem como professor o artista plástico Alexandre Liah. Acontece quinzenalmente no Jardim da Solistência do HGG, com supervisão da equipe de terapia ocupacional, acompanhada da equipe de psicologia.


Fonte: IDTECH





Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.