Hospital Alberto Rassi
Fale com a Ouvidoria Saiba como fazer parte da equipe do HGG Perguntas Frequentes Entre em contato com o HGG    




Notícias

(08/04/2019) Em edição dupla, Saúde na Praça realiza atendimentos e orientações sobre o mal de Parkinson

Além do atendimento ao público com a orientação e realização de exames rápidos, a artista plástica Helena Vasconcelos irá realizar gratuitamente uma oficina de pintura em tecido

Nos dias 10 e 11 de abril o Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG realiza mais uma edição dupla do projeto Saúde na Praça. Na quarta-feira (10) a equipe do HGG se reúne na Praça Abrão Rassi para realizar atendimentos com a temática voltada à prevenção do Parkinson.

O Parkinson é uma doença degenerativa que ainda não tem causas conhecidas. Foi descoberta pelo especialista inglês James Parkinson, o primeiro a detalhar a doença há mais de 200 anos. O que se sabe é que ela é manifestada por uma série de fatores, que podem variar de um indivíduo para o outro conforme os genes, mas acredita-se que fatores ambientais também podem provocar a doença.

O mal de Parkinson atinge atualmente 1% da população mundial acima de 65 anos, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, a estimativa é de que a doença acometa mais de 200 mil pessoas.

O residente em neurologia do HGG, Guilherme Coelho de Azevedo, explica que a doença, apesar de comum, continua com muitos estigmas. “Atividades de conscientização e promoção à saúde auxiliam na desconstrução do preconceito, no diagnóstico precoce da doença e consequente aumento da qualidade de vida do paciente durante toda sua evolução. A avaliação médica precoce ainda auxilia no tratamento e na análise de condições que mimetizam as consequências da doença”, disse.

Além do atendimento ao público com a orientação e realização de exames rápidos, a artista plástica Helena Vasconcelos irá realizar gratuitamente uma oficina de pintura em tecido para estimular a coordenação motora dos usuários.

Na quinta-feira (11) a tenda continuará com os serviços de checagem da saúde com a realização de testes rápidos de glicemia, aferição de pressão e orientações de médicos e multiprofissionais. A expectativa é que a tenda da saúde receba 300 pessoas nos dois dias de ação.


Fonte: IDTECH





Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.