Hospital Alberto Rassi
Fale com a Ouvidoria Saiba como fazer parte da equipe do HGG Perguntas Frequentes Entre em contato com o HGG    




Notícias

(13/03/2019) HGG oferece testes rápidos de urina em comemoração ao Dia Mundial do Rim

Serão oferecidas orientações com profissionais, análise de urina, aferição de pressão, cálculo de IMC e teste de glicemia em mais uma edição do Saúde na Praça

Um teste rápido de urina pode ser o ponto de partida para o diagnóstico precoce de doenças renais. No Dia Mundial do Rim, o Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG realizará uma edição especial do projeto Saúde na Praça. Em parceria com a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), a unidade oferecerá gratuitamente 800 testes rápidos de urina, além de aferição de pressão, cálculo de Índice de Massa Corpórea (IMC) e testes de glicemia. A ação acontece nesta quinta-feira, 14 de fevereiro, entre 7 e 16 horas, na Praça Abrão Rassi, localizada em frente à unidade.

Quem passar pelo local, poderá tirar dúvidas com médicos nefrologistas, enfermeiros, psicólogos e nutricionistas. Neste ano, o tema nacional da campanha é “Saúde dos rins para todos”, e tem o objetivo de reduzir o impacto da doença renal em todo o mundo. A nefrologista do HGG, Ivana Souza Nunes explica quais são as principais doenças que podem causar doença renal crônica (DRC). “A doença renal está cada vez mais comum porque a população está envelhecendo. As principais doenças que podem causar DRC são hipertensão e diabetes. Como são muito comuns, a evolução para a DRC também está ficando comum. Estima-se que uma pessoa que tenha pressão alta e diabetes há pelo menos dez anos, já começa a ter algum grau de comprometimento nos rins”, explicou.

Transplantes

O HGG é uma unidade referência em transplantes. De acordo com o Registro Brasileiro de Transplantes (RBT), desde 2017, quando foi lançado o Serviço de Transplantes Renais, o Hospital se tornou o maior transplantador de rins no Centro-Oeste. Somente no ano de 2018, a unidade realizou 130 transplantes renais na unidade. E neste ano, até o dia 10 de março, já realizou 24 procedimentos. O hospital conta com duas equipes específicas para transplantes e comemora um índice de sucesso nos procedimentos que chega a 95%.

Sobre a Doença Renal Crônica

A doença renal crônica (DRC) se caracteriza por lesão nos rins que se mantém por três meses ou mais, com diversas consequências, pois os rins têm muitas funções, dentre elas: regular a pressão, filtrar o sangue, eliminar as toxinas do corpo, controlar a quantidade de sal e água do organismo, produzir hormônios que evitam a anemia e as doenças ósseas, entre outras. Em geral, nos estágios iniciais, a DRC é silenciosa, ou seja, não apresenta sintomas ou eles são poucos e inespecíficos.

Por causa disso, pode haver demora no diagnóstico e/ou só acontecer quando o funcionamento dos rins já está bastante comprometido, necessitando, para manutenção da vida do indivíduo, de tratamento por meio da diálise ou transplante renal. Assim, são fundamentais a prevenção e o diagnóstico precoce da doença, que tem tratamento e que pode ser observada com a realização de exames de baixo custo, como o exame de urina e a dosagem de creatinina no sangue.

Serviço:

O que: Saúde na Praça – Dia Mundial do Rim
Quando: quinta-feira, 14 de março
Onde: Praça Abrão Rassi – Em frente ao HGG
Horário: A partir das 7 horas


Fonte: IDTECH





Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.